Energias renováveis


O complexo turístico dos Moinhos da Tia Antoninha é completamente autónomo do ponto de vista energético, sendo a produção assegurada por um sistema híbrido solar e hídrico.

A cablagem é subterrânea, e os colectores solares foram acondicionados por forma a preservar a paisagem rural envolvente.

O sistema gerador é composto por um campo fotovoltaico, instalado numa elevação da parte Este da propriedade, e por uma microturbina hídrica situada junto à boca de afluência das águas do riacho que serviam o antigo moinho de água. O sistema é ainda complementado por um grupo electrogéneo de apoio.



Energia Solar - campo fotovoltaico

O campo fotovoltaico permite transformar directamente a energia solar incidente nos módulos em energia eléctrica, e é constituído por duas unidades de 12 módulos solares fotovoltaicos cada, guiados mecanicamente por um sistema de seguimento automático da posição do Sol.

Este sistema permite ajustar automaticamente a inclinação e orientação dos módulos fotovoltaicos (controlo dos eixos de rotação da estrutura de suporte), de forma a maximizar a produção energética ao longo do dia e em qualquer estação do ano.



Energia Micro-Hídrica – Hidroturbina

Para accionar a microturbina hidráulica, aproveita-se o percurso de mais de 150m de uma levada, numa queda existente de mais de 10m, entre uma poça já existente e recuperada para o efeito e um dos moinhos.

A designação Microhídrica aplica-se a aproveitamentos hidroeléctricos com potência inferior a 100 kW, e que devido ao seu reduzido impacto ambiental são consideradas como centrais renováveis. No caso presente é acoplado à Turbina um gerador eléctrico de 12 kW.



Sistema de acumulação e de apoio - Baterias e grupo Electrogéneo

Por forma a armazenar a energia produzida pelos sistemas acima descritos, foram instaladas baterias estacionárias no edifício central de controlo, juntamente com a unidade de condicionamento de potência. Este banco de 24 células, com uma capacidade de 2500 Ah C100, permite uma autonomia de aproximadamente 3 dias de consumo normal.

O processo de carga das baterias é controlado a partir da unidade de gestão e controlo que arranca automaticamente o grupo electrogéneo, no caso da capacidade das baterias descer abaixo do nível mínimo de segurança.



Copyright © 2017 Moinhos tia Antoninha | powered by ponto.C